Cicloturismo - Roteiros Internacionais


A Seledon Turismo oferece diversas opções de roteiros para sua cicloviagem internacional. Atualmente, trabalhamos com pacotes para 11 países, com os melhores roteiros e com pacotes que oferecem a melhor experiência possível em cada destino. 

Nossos roteiros incluem destinos como a bela Toscana e o Lago di Garda na Itália; a famosa Via Cláudia Augusta, que passa pela Alemanha, Áustria e Itália; a turística Alentejo, em Portugal; a histórica Galícia, que passa por Portugal e Espanha; o fascinante roteiro Praga / Viena, visitando a República Tcheca e a Áustria; a histórica e pouco conhecida pelos brasileiros Rota de Napoleão, na França; a Croácia, que atualmente tem sido bastante procurada pelos brasileiros; a cultural e belíssima Costa Brava, na Espanha; a bucólica Borgonha, na França; a pequena e surpreendente Montenegro; a também pouco conhecida Puglia, na Itália; a rústica, porém charmosa Piemonte, na Itália; o deslumbrante norte da Argentina; a imponente e bela Patagônia Argentina, além da bela e surpreendente costa do Uruguai. Boa parte deses pacotes são operados com parceiros especiais, criteriosamente selecionados para que possamos ter a confiança de mantermos o mesmo padrão Seledon de qualidade no atendimento.

Trabalhamos com a opção de Grupos Abertos - onde nós determinamos o roteiro, data, e serviços, e vendemos para todos os interessados em participar do grupo; bem como a opção de Grupo Fechado, onde o cliente determina o roteiro, data, quantas e quais pessoas participam e quais serviços que gostaria de contratar, e nós personalizamos o pacote.
 

Agora é só escolher o roteiro de sua preferência, e agendar conosco: 


 

 

AGENDA

 - Cicloturismo na Via Claudia Augusta - Alemanha, Áustria e Itália - Setembro 2020


A Via Claudia Augusta é uma antiga estrada imperial romana, de 2.000 anos, que atualmente é utilizada para passeios turísticos, principalmente de bicicletas, pois a maior parte da sua extensão dispõe de ciclovias. O trecho bávaro começa na cidade alemã de Donauworth, com ciclovia que segue às margens do Rio Danúbio. No trecho da Áustria a visão é dos Alpes, passando-se por uma pequena parte do território suíço. O trajeto original termina em Veneza, com um percurso de 770 km. Campos, castelos, vilarejos, cidades históricas, paisagens naturais deslumbrantes, diversificada entre planícies e montanhas, diferentes culturas, ótima estrutura turística e uma admirável hospitalidade, são ingredientes que fazem da Via Claudia Augusta uma excelente opção de cicloviagem.

Programação: 
Data: 11 de setembro de 2020.
Duração do roteiro: 7 dias, 6 pernoites.
Percurso total aproximado: 289 km - Subida acumulada aproximada: 2.684 metros.
Nível da pedalada: Moderado

Dia 11 de setembro

Willkommen in Deutschland! Augsburg
Nos encontramos no hotel em Augsburg, você chegará de trem proveniente de Munich. Nesse dia, não iremos pedalar, faremos um briefing da nossa jornada e prepararemos as bikes, pois no dia seguinte começaremos cedo. E claro… um delicioso jantar juntos para brindarmos esses dias que começam...
Refeições: jantar.
Hospedagem: Hotel Steigenberger Drei Mohren: http://de.steigenberger.com/Augsburg/Steigenberger-Drei-Mohren

Dia 12 de setembro
Landesberg am Lech
Após um delicioso e substancioso café da manhã, iniciaremos nossa jornada às 9h da manhã com destino a Landesberg am Lech!
Distância a percorrer: 45 km - Elevação acumulada do dia: 226 metros.
Refeições: café da manhã.
Hospedagem: Vienna House Easy Landsberg: www.viennahouse.com/index.php?id=938&L=0
 
Dia 13 de setembro
Fussen
Iniciaremos nossa jornada logo cedo pela manhã com destino a Fussen.
Distância a percorrer: 78 km - Elevação acumulada do dia: 672 metros.
Refeições: café da manhã e jantar.
Hospedagem: Hotel Sonne Fussen: www.hotel-fuessen.de

Dia 14 de setembro
Imst
Vamos cruzar nossa primeira fronteira entre Alemanha e Áustria, atingir um dos pontos mais altos da nossa viagem nos Alpes austríacos. Sairemos cedo, pois no caminho, belíssimas paisagens nos esperam. Passaremos para Áustria e dormiremos em Imst no Tirol! Em Fermpass pegaremos uma “carona” para chegarmos ao topo dos Alpes. 
Distância a percorrer: 52 km - Elevação acumulada do dia: 945 metros.
Refeições: café da manhã e piquenique.
Hospedagem: Alpenhotel Linserhof: www.linserhof.info/

Dia 15 de setembro
Burgusio
Pedalando pelo Tirol do Sul até chegarmos no Alto Adige, nossa última fronteira, entraremos na Itália pelo Passo di Resia. As Dolomitas estarão na nossa frente em uma imponente paisagem!
Distância a percorrer: 45 km - Elevação acumulada do dia: 522 metros.
Refeições: café da manhã.
Hospedagem: Aparthotel Das Marigll: www.das-moriggl.com/en/

Dia 16 de setembro
Merano
Após café da manhã, seguimos para Merano. O nome da cidadela vem dos tempos romanos e de um forte na cidade onde a "Via Claudia Augusta“ atravessa a vila.
Distância a percorrer: 69 km - Elevação acumulada do dia: 319 metros.
Refeições: café da manhã e jantar.
Hospedagem: Hotel Terme de Merano: www.hoteltermemerano.it

Dia 17 de setembro
Após o café seguimos para os mais variados destinos.


Roteiro sujeito a alterações a critério da organização. Condições adversas de tempo não são motivos para cancelamento. Hotéis sujeitos a alteração devido à disponibilidade.

Serviços inclusos:
Hospedagem:
 seis pernoites em acomodações duplas, incluindo os respectivos cafés da manhã.
Carro de apoio: acompanhamento no percurso, com suporte para as bikes e material de reparo rápido para as mesmas.
Refeições: três jantares e um piquenique.
Traslado das bagagens entre os locais de hospedagens.
Bebidas e frutas: água, isotônico, barrinhas  e frutas disponíveis em todo o percurso.
Condutor: condutores capacitados e experientes, acompanhando de bicicleta em todo o percurso, sendo um brasileiro.
*O número de condutores varia conforme o número de participantes. 

Equipamentos: bicicleta própria para o percurso, capacete e garrafa de água.
Acesso ao Termas de Merano.

Serviços opcionais:
Hospedagens em acomodações individuais.

Não incluso:
Aéreo.
Bebidas.
Gorjetas aos guias locais.
Seguro viagem (obrigatório). 
Extras nos hotéis (lavanderia, telefone, etc).
Traslados.

Valor: €$ 2.950,00 por pessoa.
Obs: valores acima não incluem impostos – IOF, referência câmbio turismo.

 
Formas de pagamento:
- À vista, ou
- Parcelado - com quitação total até 30 dias antes da atividade.
 
A operação desse pacote será realizada por uma empresa especializada, parceira da Seledon.

VAGAS LIMITADAS
Grupo mínimo de 4 participantes.
Reserva: a reserva somente estará garantida mediante o pagamento e envio da Ficha de Inscrição devidamente preenchida.
Para solicitar a Ficha de Inscrição, ou tirar qualquer dúvida sobre esse pacote, clique aqui.
Para outras datas e/ou roteiros personalizados, entre em contato conosco.


Depois de dois mil anos de história, a Via Claudia Augusta, a antiga estrada romana que ligava a planície do rio Po e Mar Adriático até a Baviera e o Danúbio, está desfrutando um renascimento. Com o fim do conflito e de uma Europa unida, a Via Claudia Augusta tornou-se uma ponte de união e mistura de culturas, lugares e emoções. É um percurso simbólico que se estende por três países, cada um com sua própria paisagem diversificada e tradições, tesouros artísticos e especialidades culinárias, marcados por um turismo mais acessível, jovem e ecologicamente sustentável. 
 
O itinerário nos convida a deixar nossos relógios em casa para explorar lugares e paisagens de uma nova perspectiva, atento às cores, nuances sutis, fragrâncias e sabores da história que permeia tudo por lá. É o cruzamento Alpino mais fácil para ciclistas. Imperador Claudius criou a Via Claudia Augusta para ser a primeira estrada real, através dos Alpes, que ligava o porto do mar Adriático, Altinum com o Danúbio. Os ciclistas podem esperar uma combinação inesquecível de paisagens, pequenas cidades, aldeias animadas, descontraídas e centenas de testemunhos de uma conturbada história e culturas moldadas por ela. Não esquecendo todas as delícias da cozinha e adegas ao longo do caminho. 
 
Tudo começou em 15 A.C. quando o general romano Druso, o Velho, o filho adotivo de Augusto, decidiu abrir uma passagem através dos Alpes para as incursões militares em Rhaetia - Vindelicia e no Noricum, hoje conhecida como a Áustria. O imenso trabalho de construção da estrada foi concluída 60 anos depois, em 46-47 D.C. pelo filho de Druso, o Imperador Cláudio (41-54 D.C.), para conectar pessoas e mercadorias entre o Mar Adriático e o rio Po com o rio Danúbio, na fronteira norte do Império. É fascinante pensar que já foram transportados através dos Alpes, pela Via Claudia Augusta: petróleo da Espanha, o vinho de Creta, ostras frescas, especiarias da Ásia e legiões de soldados romanos e comerciantes de diversos países. As pessoas aprenderam novas formas de cozinhar e aqueles que podiam pagar também experimentaram iguarias de países remotos. Por outro lado, produtos como queijo e vinho foram valorizados em todo o Império Romano.
 

Oferecemos uma estrutura com toda a comodidade e segurança de um guia brasileiro acompanhando de bicicleta, e um carro de apoio acompanhando em todo o percurso, transportando suas bagagens, além de água e frutas frescas e materiais para manutenção rápida da sua bike. E se você não estiver muito a fim de pedalar naquela subida mais íngreme, ou o sol estiver muito forte, ou cansou? Sobe no carro de apoio e acompanha o restante do grupo. Está a fim de voltar a pedalar? É só descer e recomeçar...