Cicloturismo - Roteiros Nacionais


A Seledon Turismo oferece diversas opções de roteiros para sua cicloviagem. A região onde mais operamos é a do Vale Europeu, onde estamos sediados. Nela, oferecemos pacotes para a chamada Parte Baixa do Vale Europeu, para a Parte Alta, bem como para o roteiro completo do circuito. 

Nossas operações incluem ainda: Urubici - na Serra Catarinense; Circuito Araucárias - na região norte de Santa Catarina; Litoral sul de Santa Catarina; Charmes do Sul - nosso roteiro na Serra Gaúcha; Roteiro das Cervejas - nosso roteiro no Vale Europeu, por caminhos diferentes do tradicional circuito, com o objetivo de visitar cervejarias e degustar boas cervejas; e Cânions, em Cambará do Sul, no Rio Grande do Sul - Região dos fantásticos cânions Itaimbézinho, Fortaleza e outros. No Vale Europeu temos operações mensais, e nos demais roteiros, as operações são com menos frequencia. 

Trabalhamos com a opção de Grupos Abertos - onde nós determinamos o roteiro, data, e serviços, e vendemos para todos os interessados em participar do grupo; bem como a opção de Grupo Fechado, onde o cliente determina o roteiro, data, quantas e quais pessoas participam e quais serviços que gostaria de contratar, e nós personalizamos o pacote.
 

Agora é só escolher o roteiro de sua preferência, e agendar conosco: 


 

 

AGENDA

 - Circuito Vale Europeu de Cicloturismo - Roteiro Completo - Março de 2022


Este roteiro é o principal destino dos cicloturistas no Brasil e o primeiro no país planejado e organizado especialmente para ser percorrido de bicicleta. Foi desenhado de modo a passar pelos melhores atrativos turísticos da região, como cachoeiras, arquitetura colonial e atrativos naturais, passando por estradas de terra bonitas e tranquilas.
 
Programação: 
Data: 19 de março de 2022.
Duração do roteiro: 7 dias, 8 pernoites.
Percurso total aproximado: 300 km - Subida acumulada aproximada: 4.700 metros

 

Consulte-nos para outras datas
 

Dia 19 de março
Chegada em Timbó
Hospedagem: Timbó Park Hotel: www.timbopark.com.br/

Dia 20 de março
Pedal Timbó / Rio dos Cedros / Pomerode 
Saímos do hotel pedalando para a placa de início do circuito que fica no Complexo Turístico Jardim do Imigrante. Pedalamos por estradas de terra bem cuidadas até Pomerode, passando pela ponte coberta do Rio Ada e fazendo uma parada para banho se o clima estiver convidativo. Após a dura subida da Carolina chegamos à cidade mais alemã do Brasil pela Rota do Enxaimel.

Distância a percorrer: 45 km - Elevação acumulada do dia: 510 metros 
Hospedagem: Pousada Casarão Schmidt: http://www.casaraoschmidt.com.br/
 

Dia 21 de março

Pedal Pomerode / Indaial
O pedal começa atravessando o bairro Wunderwald. Muitas árvores sombreiam a estradinha estreita de terra que sobe lentamente. Um belo riacho nos acompanha toda a subida. No segundo trecho do pedal enfrentamos outra subida, desde vez sem a sombra das árvores. Mas outro riacho estará lá nos acompanhando. Chegamos à Indaial com o caudaloso rio Itajaí-Açú nos dando boas vindas. 

Distância a percorrer: 40 km - Elevação acumulada do dia: 520 metros
Traslado, do ponto final do pedal até o Timbó Park Hotel
Hospedagem: Timbó Park Hotel: 
www.timbopark.com.br/

 

Dia 22 de março
Traslado, do Timbó Park Hotel até o ponto de início do pedal
Pedal Indaial / Rodeio
 
Nesse dia percorremos o trecho mais fácil de todo o circuito. O trajeto é totalmente plano. E a aventura será atravessar a longa ponte pênsil sobre o grande rio Itajaí-Açú. Passamos pela cidade de Ascurra e seu principal ponto turístico: a Igreja de Santo Ambrósio. 

Distância a percorrer: 27 km - Elevação acumulada do dia: 170 metros 
Traslado, do ponto final do pedal até o Timbó Park Hotel
Hospedagem: Timbó Park Hotel: 
www.timbopark.com.br/


Dia 23 de março

Traslado, do Timbó Park Hotel para o ponto de início do pedal

Pedal Rodeio / Doutor Pedrinho
Nesse dia enfrentamos a subida mais longa do circuito logo no início do pedal: a Serra do Ipiranga. São 8,5 km que nos levam à parte alta do circuito. Mas não se desanime, pois nessa subida fica o famoso Caminho dos Anjos. São mais de 60 anjos espalhados pela beira da estrada e um Cristo que te espera de braços abertos na metade da subida. No verão as hortênsias estão no auge e a estrada fica toda azul. Também passamos por baixo da maior tirolesa das Américas: a K2Mil. E nosso piquenique será na única igreja em estilo enxaimel do Brasil.
Distância a percorrer: 41 km - Elevação acumulada do dia: 1.120 metros
Hospedagem: Bella Pousada: www.bellapousada.com.br

 

Dia 24 de março
Pedal Doutor Pedrinho / Rio dos Cedros (Alto Cedros)
Nesse dia temos duas opções de trechos a serem percorridos:
Opção 1: Via Gruta Santo Antônio

Saímos de Doutor Pedrinho subindo uma serra. Pedalamos o dia inteiro em meio a florestas, numa estradinha de terra estreita, isolados da civilização. Visitamos a imponente Gruta Santo Antônio e os solteiros poderão fazer os seus pedidos. Após passar por um vilarejo, enfrentamos a segunda serra do dia. Na descida para Alto Cedros já avistamos seus grandes lagos. O final da etapa é num belíssimo lago. Mais alguns quilômetros acompanhando os lagos e chegamos ao nosso hotel.  
Distância a percorrer: 30 km - Elevação acumulada do dia: 800 metros 
Opção 2: Via Cachoeira Véu de Noiva
Saímos por uma rodovia recém asfaltada e percorremos 10 km por ciclovia até a Cachoeira.  Uma pequena trilha de 1 km (quase toda pedalável) nos leva até seus 63 metros de queda. Em seguida subimos uma serra, ainda em asfalto, para no km 16 entrarmos numa estradinha de terra repleta de pinheiros. Temos dois riachos para atravessar. 
Na descida para Alto Cedros já avistamos seus grandes lagos. O final da etapa é num belíssimo lago. Mais alguns quilômetros acompanhando os lagos e chegamos ao nosso hotel.
Distância a percorrer: 34 km - Elevação acumulada do dia: 860 metros 
Hospedagem: Caminho das Hortências : https://www.facebook.com/caminhodashortencias/


Dia 25 de março
Pedal Rio dos Cedros (Alto Cedros) / Rio dos Cedros (Palmeiras) 
Nesse dia temos duas opções de trechos a serem percorridos:
Opção 1: Via Pedra Preta
Distância a percorrer: 46 km - Elevação acumulada do dia: 845 metros
Opção 2: Via Mergulhão
Distância a percorrer: 41 km - Elevação acumulada do dia: 840 metros 
Nosso pedal será em grande parte em meio a áreas de reflorestamentos. Faremos nosso piquenique na belíssima Cachoeira Formosa (40 metros de queda). Se o clima estiver favorável, vale um banho na cascata menor. Mas sentar na grande área gramada embaixo de uma sombra e relaxar também será revigorante. Faltam apenas 10 km para nosso destino. Saímos das áreas inóspitas e retornamos a um pouco (só um pouco!) de civilização chegando em Palmeiras. 
Traslado, do ponto final do pedal até o Caminho das Hortências
Hospedagem: Caminho das Hortências : https://www.facebook.com/caminhodashortencias/

Dia 26 de março
Traslado, do Caminho das Hortências até o ponto de início do pedal.
Pedal Rio dos Cedros (Palmeiras) / Timbó
Tudo o que sobe, tem que descer. E nesse dia nos deliciamos com a maior descida do circuito: o Rio Milanês. Fique atento, pois serão 4 km de descida bem íngreme! A descida termina numa linda ponte coberta, sobre o turbulento rio dos Cedros. Mas não pense que você já pode relaxar... Deixamos para o final a subida mais inclinada no circuito: o temido Rio Cunha. São apenas 2 km de subida. Mas a inclinação é tão severa que serão 2 km inesquecíveis! Agora sim, você pode descansar, temos somente descida e plano até a cidade de Timbó. É permitido se emocionar ao cruzar a linda ponte do Complexo Turístico Jardim do Imigrante e ver a placa de FINAL do circuito. Parabéns, você conseguiu!  
Distância a percorrer: 53 km - Elevação acumulada do dia: 670 metros 
Hospedagem: Timbó Park Hotel: www.timbopark.com.br/

Dia 27 de março
Retorno

 

*Os locais de hospedagens poderão ser substituídos por outro de igual categoria.

 

Serviços inclusos:
Hospedagem: oito pernoites, em acomodações duplas.
Alimentação: cafés da manhã e três jantares.
Almoço: lanches reforçados, servidos diariamente, no estilo piquenique.
Bebidas e frutas: água e frutas disponíveis em todo o percurso.

Visita à vinícola San Michele, com degustação inclusa.
Traslado das bagagens entre os locais de hospedagens.
Carro de apoio: acompanhamento em todo o percurso, com suporte para as bikes e material de reparo rápido para as mesmas.
Condutor: um* condutor capacitado e experiente, acompanhando de bicicleta todo o percurso.
* A quantidade de condutores varia conforme o número de participantes. 
Entrada na cachoeira Formosa.
Seguro:
 seguro de acidentes pessoais.
Passaporte oficial e certificado de conclusão do circuito.
Brinde final com cerveja artesanal.
 
Serviços opcionais:
Traslado IN/ OUT.
Hospedagem single.
Locação de bicicleta.

Não incluso:
Aéreo.
Bebidas.
Refeições não descritas acima.
 
Valor: R$ 3.442,00 por pessoa.
 
Formas de pagamento:
- À vista, via boleto ou transferência bancária, ou
- Parcelado no número de meses que faltam para a realização da atividade, sem juros, via boleto bancário, ou ainda
- 40% no ato da reserva, via boleto ou transferência bancária, e 60%, em dinheiro, no momento do check-in.
 
Fique por dentro da nossa Política de Cancelamento, clique aqui.
 
 
VAGAS LIMITADAS
A reserva somente estará garantida mediante o pagamento e envio da Ficha de Inscrição devidamente preenchida.
Consulte a possibilidade de grupos fechados, com valores adequados.
Para outras datas e/ou roteiros personalizados, entre em 
contato conosco.

 


O Circuito tem um total de 290 quilometros com início e término na cidade de Timbó - SC, a cerca de 30 quilometros de Blumenau. O percurso pode ser dividido em parte alta e parte baixa. A parte baixa acompanha o vale dos rios, indo de Timbó até Rodeio. Possui subidas e descidas, é claro, mas retorna sempre a uma altitude pouco maior do que a do nível do mar. Por estas características de relevo, pode ser feito por pessoas que possuam um condicionamento físico razoável e uma certa experiência com bicicleta.

Já na parte alta, o Circuito sobe a serra em direção às represas que ficam a cerca de 700 metros de altitude. É uma região um pouco mais isolada, onde a natureza está muito presente. São frequentes os trechos em que a estradinha estreita se embrenha na mata e permite que o cicloturista fique muito próximo das aves e outros pequenos animais. O relevo é mais acentuado e exige um bom preparo físico para enfrentar alguns desafios como os longos trechos de subida, e uma certa experiência em cicloturismo, uma vez que o roteiro cruza locais menos habitados.

A Seledon oferece um pacote com toda a comodidade e segurança de um guia acompanhando de bicicleta e um carro de apoio acompanhando em todo o percurso, transportando suas bagagens, além de água e frutas frescas e material para manutenção rápida da sua bike. E se você não estiver muito a fim de pedalar naquela subida mais íngreme, ou o sol estiver muito forte, ou cansou? Sobe no carro de apoio e acompanha o restante do grupo. Está a fim de voltar a pedalar? É só descer e recomeçar...